musse de tomate com charuto de parmesão

musse de tomate com charuto de parmesão

Tenho sentido tanto calor nos últimos dias que só consigo pensar em receitas frias. Aproveitando essa época de festas que vem chegando e a gente sempre quer uma entradinha bacana para receber visitas, pensei em fazer algo frio e delicioso: musse de tomate. É cremosa, saborosa e ainda tem um toque que deixa a receita toda especial: os charutos de parmesão são incríveis para comer junto e ainda deixam a entrada com um toque sofisticado. É geladinha e refrescante, pra ninguém reclamar muito do calor! …

leia mais →

carta amarela #96 – casa aberta

carta amarela #96 – casa aberta

Belo Horizonte, 25 de novembro de 2014

Querida amiga,

Quando cheguei em Paris você tinha se mudado há pouquinho tempo. Uma excitação ímpar de conseguir comprar o primeiro apartamento. De ter ajudado a demolir uma parede, de ter construído outra. De procurar o sofá ideal que também coubesse no orçamento. De encher a casa de plantinhas, e com elas, vida.

Pra mim, assim como pra todo mundo que entra na sua casa, a primeira impressão é a de surpresa com a vista. Mesmo que de longinho a gente …

leia mais →

bolo de abóbora

bolo de abóbora

Pouco antes de partir estava aproveitando o que a estação me dava em Paris. No caso é época de abóboras. É impressionante o quanto se vê pela cidade diversas espécies de abóboras à venda. Eu particularmente adoro abóboras, e aproveitei para comprar uma pra fazer um bolo delicioso e perfumado com gengibre, laranja e canela!

500 g de abóbora ralada
250 g (2 xícaras) de açúcar mascavo
300 g (2 xícaras e meia) de farinha de trigo
200 g (1 xícara) de manteiga em temperatura ambiente


leia mais →

dois dias, uma noite

dois dias, uma noite

Às vezes assisto a alguns filmes que possuem tamanha genialidade numa ideia tão simples, que não posso deixar de ficar assombrado. “Como ninguém pensou nisso antes?”, é o pensamento óbvio que vem à minha mente. Foi assim que me senti após ver Dois Dias, Uma Noite, a mais recente obra dos irmãos belgas Jean-Pierre e Luc Dardenne.

Não pare de ler esse texto ainda, mesmo se você sentir alergia do chamado “cinema de arte”! Sim, os irmãos Dardenne são queridíssimos de Cannes (todos os seus filmes …

leia mais →

carta amarela #95 – fogos de artifício

carta amarela #95 – fogos de artifício

Paris, 5 de novembro de 2014

Mon beau,

Não espero dar o que você espera de mim. Não espero, que fique claro, receber tudo o que espero de você. Vai ser melhor pra nós dois. Esperar coisas talvez seja o primeiro passo pra que qualquer relação dê errado.

Só te peço uma coisa: não me machuque. Se for pedir demais, pelo menos não deliberadamente. Sei que já combinamos passar essas semanas vivendo só momentos bons, com um fim já à vista. Sorrio todo dia com o quão você …

leia mais →