nhoque de batatas baroa e doce

nhoque de batatas baroa e doce

Amanhã é dia 29 e pra quem acredita na tradição do nhoque da fortuna, aqui vai uma receita deliciosa e um pouquinho diferente da tradicional. Fiz uma mistura de batatas baroa e doce, que junto a alguns outros poucos ingredientes cria uma massa muito saborosa de nhoque. Pra completar quis fazer um molho bem simples com dois ingredientes que gosto muito: queijo e bacon. Boa sorte pra quem o fizer no dia 29 e uma boa refeição pra quem o fizer independente do dia!

nhoque
500 g …

leia mais →

#131 – pra onde a vida vai

#131 – pra onde a vida vai

São Paulo, 27 de setembro de 2016

Querido amigo,

Por um momento escrevi 2015 na data acima. Não sei o porque. Voltei, apaguei. Escrevi 2015 de novo. Por mais de um momento pensei em te escrever. Em não te escrever. Em como o tempo vai passando. São sete meses sem cartas. Sete. Prometi a mim mesmo me escrever mais, mas esse tempo passou entre um pouco de vazio, de tempo corrido, de uma leve apatia. Quis te escrever sobre Aquarius, pra saber se você tinha gostado tanto …

leia mais →

bolo de macadâmia e caramelo

bolo de macadâmia e caramelo

Castanhas num geral sempre deixam um bolo com sabor especial. Gosto muito de alternar os sabores em bolos clássicos trocando um pouco da farinha por uma farinha feita a partir de nozes ou castanhas. O bolo de hoje é de macadâmias, que combina maravilhosamente com o caramelo cremoso do recheio. Pra cobrir tudo, um pouco de carinho e chocolate. E assim se faz um bolo de festa maravilhoso, pra todo mundo querer festejar e repetir.

massa:
8 ovos
200 ml (3/4 de xícara) de leite
120 ml (1/2 xícara) …

leia mais →

tão perto

tão perto

ter um relacionamento à distância é aprender a esticar os laços, quão longe eles puderem ir. a espera fatigante é recompensada, ali mesmo ao buscar no aeroporto. os poucos momentos juntos são mais intensos. um querer não dormir, tocar o tempo todo. no meio tempo se vive de palavras. emoções. sensações. um constante recordar. ter tempo pra gente mesmo, pra se descobrir e descobrir o outro. e fazer o sentimento crescer. talvez seja assim mesmo: tão longe, tão perto do coração.