caldo de mandioca com carne seca – o chef e a chata

caldo de mandioca com carne seca – o chef e a chata

O inverno chegou por aqui e resolvemos fazer uma receita de caldo que é uma delícia. É um caldo bem típico, mas  mesmo assim adoro dar um toque a mais: colocar catupiry e queijo coalho pra ficar ainda mais saboroso. Quem não quiser colocar, fica gostoso também, são ingredientes opcionais! Esse dia de gravação foi ótimo, cozinhar com uma taça de vinho do lado é uma delícia! Dessa vez a Cássia (que cuida da nossa beleza) e seu namorado dormiram por lá também, então foi uma farra ainda maior. Por isso mesmo o caldeirão de sopa! As medidas da receita são menores do que as que a gente usou, pra se você quiser fazer pra qualquer dia à noite, mas se for pra ter amigos por perto pode dobrar como a gente fez.

300g de carne seca

600g de mandioca

100g de queijo coalho ralado

150g de requeijão tipo catupiry

4 dentes de alho picados

1 cebola picada

azeite

sal

cheiro verde picado

caldo_mandioca_02

Se a carne seca não for dessalgada, pique a carne e dessalgue em água por pelo menos 3 horas, trocando a água pelo menos uma vez. Se der pra dessalgar por mais tempo, trocando mais vezes, melhor. Retire a casca da mandioca, pique-a e leve para cozinhar na panela de pressão por 30 minutos. Enquanto ela cozinha, numa panelinha coloque a carne, cubra com água e leve para ferver. Descarte essa água (deve estar salgada), cubra de novo de água e deixe cozinhar até ficar macia. Prove a carne e se precisar troque a água de novo. Existem carnes no mercado que já vem dessalgada, costumam ficar na geladeira, dê uma olhada se a sua é dessalgada ou não.

caldo_mandioca_03

Com a mandioca pronta, bata no liquidificador com a última água do cozimento da carne. Se precisar adicione mais água. Precisa estar líquida, mas cremosa. Reserve. Numa panela grande, refogue a cebola e o alho em azeite. Adicione a carne e refogue mais um pouco. Junte o caldo batido de mandioca, o catupiry e o queijo ralado. Misture bem e prove o tempero, colocando sal se necessário. Sirva quente, com cheiro verde picado para quem quiser jogar por cima do caldo.

caldo_mandioca_04

cozinhar_ouvindo

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×
  • Isabella diz:

    Gui,

    No vídeo, vc fala que coloca a panela na água fria pra sair a pressão e ainda puxa o pininho pra sair o vapor. Tome cuidado com isso, pq a panela vai ficando meio torta com o tempo, e aí fica mais perigoso de estourar com o passar dos anos. Aprendi a, ao invés de fazer isso, simplesmente levantar aquele pininho com o auxílio de uma colher de pau ao algo com cabo longo e esperar sair todo o vapor. Demora um pouco mais que se jogar na água fria, mas é mais seguro a longo prazo.

    Ah, aqui em casa, costumo bater a mandioca com a água na própria panela, com o mixer. Sei que nem todo mundo tem, mas fica a dica e ainda não suja o liquidificador.

    Na próxima vez que fizer caldo de mandioca, que faço sempre nesse friozinho, vou colocar o requeijão e o queijo coalho. Deve ficar bom demais mesmo!!!

    • gpoulain gpoulain diz:

      ei isabella, bom saber disso. eu aprendi a fazer assim com família mesmo, minha vó, minha mãe, sempre fizeram assim. mas aqui em casa também é de lei trocar a panela quando a gente vê que está ficando velha, por segurança mesmo. eu também costumo bater qualquer sopa que precise bater com o mixer e adoraria que fosse uma ferramenta mais utilizada pois a gente já faz na panela mesmo né? aqui em casa mesmo eu não tenho liquidificador porque uso o mixer pra tudo. mas vejo poucas pessoas o terem! da próxima coloque mesmo, fica tãaaao gostoso! um abraço e obrigado pelas dicas!

  • Lulu diz:

    Gui (olha eu tomando liberdades),
    Gostaria de saber se posso fazer o caldo sem a carne e se você tem alguma sugestão de substituição (frango não vale, rsrsrs).
    Desculpe querer modificar sua receita, mas o caldo parece ser tão delícia que mesmo não gostando de carne fiquei muito “aguada”!!!!
    Bjks!
    Lulu

    • gpoulain gpoulain diz:

      ei Lulu! não tem problema modificar a receita. sabe que de vez em quando faço sem carne mesmo, sem substituir? só coloco bastante cheiro verde no final e mais queijo coalho, ele deixa pedacinhos porque não dissolve, sabe? pro meu gosto assim já fica uma delícia também.

  • Mary diz:

    Gui adoro suas receitas super rápidas e simples. Gostaria de uma dica sobre o que posso substituir a carne vermelha.
    Bjs e obrigada.

    • gpoulain gpoulain diz:

      oi Mary, tudo bem? então, por vezes eu faço sem carne, simplesmente assim. coloco bastante cheiro verde, e um pouco mais de queijo coalho, ele fica com pedacinho por ser um queijo que não se dissolve. um beijo!

  • Roberta Vasconcelos diz:

    Gui, a minha pitada é não bater a mandioca no liquidificador, para evitar aquela “cola” que faz com que os lábios fiquem pregando quando comemos o caldo, sabe? Aprendi a cozinhar a mandioca até derreter e terminar de desmancha-la com a colher de pau. Gosto de caldo de todo jeito, mas prefiro sem o grude =]

    • gpoulain gpoulain diz:

      ei! entendo! quando a gente bate fica bem grude mesmo. mas pra mim quando se dissolve com mais água e até com o catupiry incluído, o grude, pro meu gosto, some. mas obrigado pela pitada! fica a dica!

  • Ana Paula diz:

    Olá Gui, boa noite!

    Acabei de descobrir suas receitas! Esta última parece bem mineira! Vou fazer aqui em casa em breve! Nunca comemos este caldo e no frio que faz aqui no sul de Santa Catarina vai cair bem! Traga mais receitas de caldos por favor!

    Parabéns pelo trabalho! Sucesso!

    Abraço,

    Ana.

  • panquecas de manhã e caldo a noite, suas receitas sempre dão certo. ♡

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>