bacalhoada — o chef e a chata

bacalhoada — o chef e a chata

Antes de mais nada queria aproveitar pra agradecer todo mundo que tem contribuído com o projeto do livro. Hoje tá completando uma semana que a arrecadação está no ar e já consegui 61% do que preciso pro projeto sair do papel. É muita coisa, achava que ia levar bem mais tempo pra atingir isso! Tenho recebido um carinho enorme e tô muito feliz. A campanha continua e ainda preciso de muita ajuda pra que vire realidade: kickante.com.br/cartasamarelas

Semana que vem é semana santa e a gente logo já pensou: que tal ensinar a bacalhoada que sempre fiz em casa? Sou descendente de portugueses por parte de pai e aqui em casa a gente sempre comeu muito bacalhau. Apesar de ser uma receita simples, ensino no video muitas dicas importantes: como escolher o bacalhau, quanto tempo exatamente ele precisa assar, como descobrir qual o ponto certo das batatas, quando é o momento ideal de colocar as azeitonas… Muitas dicas! Então vem assistir que até nosso câmera largou tudo pra comer o mais rápido possível de tão bom que estava:

1 kg de bacalhau em postas

15 dentes grandes de alho com casca

azeite (bastante!)

1/2 pimentão vermelho

1/2 pimentão amarelo

1/2 pimentão verde

cerca de 30 cebolas pequenas

cerca de 35 batatas bolinha

12 azeitonas pretas

sal

pimenta do reino

bacalhoada_02

Costumo comprar bacalhau congelado e dessalgado (poupa trabalho e ele não é tão ressecado)! Mas se o seu não estiver assim, deixe dessalgando na geladeira dois dias antes, trocando a água de 8 em 8 horas. Lave bem as batatas, vamos usar com casca. Retire a casca das cebolinhas. Numa assadeira coloque, intercalando, as batatinhas, cebolinhas e dentes de alho. Os dentes de alho precisam ser inteiros com a casca para não queimar. No final do processo, ao retirar a casca já no prato ele estará suave e cremoso. Cubra isso tudo com bastante azeite e tempere com sal e pimenta do reino. Cubra com papel alumínio e leve para assar por cerca de 1 hora em forno a 180ºC. Retire o alumínio e finque uma faca numa batatinha. Se ela perfurar com facilidade está cozida. Se não estiver, volte ao forno por mais tempo. Coloque os pimentões, as postas de bacalhau, as azeitonas e cubra com mais azeite. Se achar necessário, tempere com mais um pouco de sal e pimenta do reino. Volte ao forno por mais 15 a 20 minutos. Não é necessário mais do que isso pro bacalhau cozinhar. Assim ele fica mais tenro. Sirva bem quente.

bacalhoada_03

travessa: acervo

ovos de porcelana e vasos: Casa Mangabeiras

garrafinha de azeite: de uma lojinha de Siena

pra_cozinhar_ouvindo

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×
  • Joana Darc Teixeira cardenas diz:

    muito feliz em te ver . Joana mãe da Sarah . Vou fazer a receita do bacalhau . Sucesso

  • Cristina De Vincenzo diz:

    Oi Gui, na minha Páscoa vc e a Lu ditaram as receitas: fiz esta bacalhoada (sem pimentão porque me dá enxaqueca) nao sei colocar foto no insta senão te enviava o prato pronto! E também fiz o bolo mineirinho só com meia receita. Ficou tudo mara!!!

    Vcs tem um astral tão lindo e as receitas deliciosas! Continuem sempre. bjs
    Cris

  • Gabi diz:

    Gui,
    fiz essa bacalhoada na semana santa e definitivamente foi adotada como receita oficial! Até o marido que não é muito fã de bacalhau aprovou!!
    O bacalhau ficou suculento e o sabor incrível!!

    Já estou na expectativa para o feijão tropeiro, aliás tenho uma versão diferente: feijão tropeiro em camadas!
    Os ingredientes tradicionais são preparados separadamente e colocados em uma travessa em forma de camadas: bacon, linguiça, alho e cebola, feijão, ovo mexido, banana prata frita e torresmo.
    Pra finalizar, colocamosuma camada de batata palha, substituindo a farinha.
    Fica uma delícia e é uma forma diferente e mais leve de servir essa receita tão querida por nós!!
    Espero q goste!!

    😉

    • gpoulain gpoulain diz:

      ebaaaaaa!

      mas é igual dá pra ver no video, a Lu também nunca gostou de bacalhau e comeu o prato inteirinho! que bom que você fez e ficou incrível por aí também. já temos alguns videos gravados, mas já colocamos o feijão torpeiro pra ser gravado assim que possível também! e obrigado por sua receita! :)

  • […] Bacalhoada: tradicional, este prato é feito com poucos ingredientes e é perfeito para quem quer servir algo […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>