5 pâtisseries imperdíveis em Paris

5 pâtisseries imperdíveis em Paris

O último video especial de O Chef e a Chata em Paris é um tour pra conhecer alguns dos doces que eu mais gosto por lá. Existem algumas pâtisseries que são conhecidas aqui como Ladurée, Angelina, Fauchon, Pierre Hermé… Mas existem outras que muita gente daqui desconhece e que tem doces incríveis. Escolhi 5 dessas não tão famosas no Brasil (mas são famosas lá!) pra gente dar uma doce volta em Paris:

La Pâtisserie de Rêves

A “confeitaria dos sonhos”, numa tradução literal, foi nossa primeira parada. Seu chef, Philippe Conticini, renovou os doces clássicos franceses e deu um ar moderno e bem gostoso pra esses doces. A loja é linda, fica perto da La Grande Épicerie (um lugar que adoro ir pra comprar ingredientes), e tem o Paris-Brest considerado o mais gostoso da cidade. É bom mesmo! Paris-Brest é um doce feito com pâte à choux (a massa de éclairs) e recheado com uma mousseline de praliné, ou seja, um creminho de avelãs.

Paris-Brest: 5,90 euros

93, Rue du Bac – 7ème

ochefeachata_docerias02

Blé Sucré

Sou uma pessoa apaixonada por croissants e saí rodando Paris atrás dos mais gostosos. Na minha opinião o mérito vai pra Blé Sucré, uma pâtisserie pequena não longe da Bastilha. As madeleines de lá são conhecidas por serem as melhores, mas não sou muito fã de madeleines num geral. Os doces de lá pra mim são ok, nada demais, mas o croissant… Ai, ai!

Croissant: 1,20 euros

7, Rue Antoine Vollon – 12ème

 

Le Chocolat Alain Ducasse

Já contei sobre essa chocolateria nesse post aqui. É pertinho da Blé Sucré, dá pra ir nos dois de uma só vez (e ainda passear no Marché d’Aligre)!

Caixa com 12 bombons sortidos: 18 euros

40, Rue de la Roquette – 11ème

ochefeachata_docerias03

Sadaharu Aoki

Criada por um japonês que começou sua carreira fazendo doces para maisons de moda como Kenzo, Dior, Chanel, abriu sua pâtisserie que leva seu nome em 2001. Seu grande diferencial é mesclar ingredientes e preparações típicas japonesas nos doces franceses. Seu entremet Bamboo, que a gente provou no video e não gostou muito, leva feijão e matcha. O entremet Citron Praliné, feito com yuzu, um limão japonês e um praliné de amêndoas e avelãs é delicioso. O mais incrível aqui é comer os macarons. O de Wasabi e o de Gergelim (sésame) estão entre os mais gostosos macarons que já provei.

Macarons: 1,60 euros a unidade

56, Boulevard de Port Royal – 5ème

ochefeachata_docerias04

Des Gâteaux et du Pain

Eu fico até feliz em não morar (nem nunca ter morado) perto dessa padaria e confeitaria porque tudo nela é incrível. Nunca provei algo de lá que não fosse muito bom. Eles mudam os doces de acordo com as estações. No outono eles fazem a Choux Caramel, que é uma bola de pâte à choux (a massa de éclairs) recheada de creme de caramelo com um crocante enorme de caramelo por cima. Fomos na primavera, e muitos dos doces eram feitos com frutas vermelhas. Adoramos o Lipstick Cerise e o Saint Honoré Pistache Griotte, ambos feitos com cereja e pistache.

Lipstick Cerise: 5,80 euros

63, Boulevard Pasteur – 15ème

[as ilustrações deste artigo estão à venda na lojinha do blog – www.guipoulain.com]

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>