torta de frango com catupiry

torta de frango com catupiry

Numa das vezes que explorei o caderninho de receitas da minha avó achei uma receita de massa de torta de frango. Fiquei curioso pra fazer (vai uma lata de creme de leite com o soro na massa!) e não é que ficou maravilhosa? Virou minha massa base pra tortas de frango e quis fazer um recheio do meu jeito: frango bem temperadinho e bastante catupiry pra ficar bem cremoso. Gosto de pensar nessa junção do que foi da minha avó com o que é meu, e virar uma torta meio minha meio dela. Essa sensação das coisas boas que a gente viveu juntos enquanto ela ainda estava viva e essa coisa de poder carregar ela comigo pra onde for.

Massa:
480 g (4 xícaras) de farinha de trigo
1 colher (chá) de sal
200 g de manteiga com sal gelada cortada em pedacinhos
1 lata de creme de leite com soro

Recheio:
1 kg de frango cozido e desfiado
2 colheres (sopa) de azeite
1 cebola picada em cubinhos pequenos
2 tomates picados sem sementes
3 dentes de alho picados
300 g de catupiry
120 ml (1/2 xícara) de leite
sal
pimenta do reino

Numa vasilha coloque a farinha de trigo e o sal. Junte a manteiga e com a ponta dos dedos misture-a na farinha, formando uma espécie de farofa úmida. Não é necessário dissolver todos os pedacinhos de manteiga, alguns deles pela massa deixam ela mais crocante. Junte o creme de leite e misture tudo até ficar homogêneo. Não é necessário sovar em excesso, isso deixaria a massa elástica. É só o suficiente para que tudo esteja unido. Cubra com um pano de prato para descansar um pouquinho enquanto se prepara o recheio.

Aqueça o azeite numa panela. Junte a cebola e refogue até que ela comece a dourar. Junte o alho e refogue rápido, por cerca de 1 minuto. Adicione o frango, o tomate, o catupiry e o leite, misturando bem tudo. Deixe cozinhar mais um pouco até que tudo esteja bem cremoso e misturado. Tempere com sal e pimenta do reino a gosto. Desligue.

Pré-aqueça o forno a 200ºC. Abra metade da massa com ajuda de um rolo, enfarinhando a superfície para que ela não grude. Vá girando a massa entre cada vez que abrir a massa um pouco, assim ela vai ficar arredondada. Abra até que esteja fina, mais ou menos com meio centímetro de altura, e coloque na forma (utilizamos uma forma de 24 cm de diâmetro com fundo falso). Coloque todo o recheio. Abra o restante da massa e cubra a torta. Retire todas as rebarbas, deve sobrar massa suficiente para a decoração: faça tiras com ela, fazendo um xadrez sobre a torta. Corte as rebarbas e pincele tudo com uma gema de ovo para que a torta fique bem douradinha por cima. Abra um pequeno buraco no centro com uma faca pra deixar o vapor sair enquanto assa. Leve ao forno por cerca de 40 minutos ou até que esteja bem dourado.

tortafrango02

pra_cozinhar_ouvindo

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×
  • Diana diz:

    Gui, vc q já morou fora do Brasil.. qual o equivalente ao creme de leite com soro na Europa? Beijo, adorei a receita!

    • gpoulain gpoulain diz:

      ei Diana! acho que não tem bem um equivalente. não sei dizer em todos os países da Europa, mas na França eu usaria o épaisse, que é um creme de leite mais grosso, quase um requeijão. um beijo!

  • Gabi diz:

    Gui,

    Estou no nono mês de gravidez e buscando receitas que possam ser congeladas para facilitar a vida pós-parto e visitas!
    Adoraria ver um post com opções de refeições e lanches que se encaixem nessa situação!

    Além disso, gostaria de tirar uma dúvida. O ideal para congelar essa receita, é fazê-lo depois de assada? Quanto tempo mais ou menos posso manter congelada?

    Obrigada!

    • gpoulain gpoulain diz:

      ei Gabi! boa sugestão!
      O ideal é congelar depois de assada sim. Vai ficar até mais fácil depois porque vai ser somente o tempo pra descongelar e aquecer a torta no forno! recomendo manter congelada por até 3 meses.
      um abraço!

  • Leticia diz:

    Gui, que receita maravilhosa! Fiz no final de semana e ficou uma delícia, com o recheio bem cremoso e a massa perfeita! Nunca na minha vida eu tinha feito uma massa de torta que desse certo, nem doce nem salgada (sempre fica seca, ou dura, ou crua, ou muito grossa – nem massa de biscoito com manteiga eu consigo fazer). E essa ficou perfeita, além de deliciosa! Já anotei no caderninho pra fazer de novo!

  • Fernanda diz:

    Oi Gui!
    qual a sua ideia de recheio alternativo pra fazer uma torta vegetariana? tô doida pra experimentar essa massa!! Obrigada, beijos.

  • Bel diz:

    Gui, você tem ideia do que dá pra usar no lugar do catupiry morando na gringa? (eua)
    Obrigada :)

  • Myrtes diz:

    O Chefe e a Chata – que dupla simpática e as sugestões/alternativas voltadas para a culinária, mais ainda. Parabéns e muito sucesso. Contamos com o suporte de vocês.
    Um abraço para ambos.
    Myrtes

  • Juliana diz:

    Gui, o recheio tem que ser colocado frio ou pode ser morno???

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>