chá comigo

chá comigo

Desde o fim do ano passado tenho ouvido alguns amigos comentarem da Chá Comigo: uma casa charmosa no Santo Antônio com um tipo de funcionamento num estilo de muitos lugares que vi na Europa: não tem garçons, você pede seu pedido no balcão e leva pra sua mesa; tem uma vitrola e vários vinis à disposição, que você pode ir lá e colocar algo que quiser ouvir – ou esperar a dona, a Laura, que trabalhou na MTV, colocar algo bacana pra tocar; tem alguns livros e revistas se quiser ler e até uma seção de livros pra trocar com os que você já tiver lido. Um lugar com cara de casa e que você não se sente acuado em ficar trabalhando algumas horas (tem ótimo WiFi) ou mesmo lendo um livro sem a pressão de garçons.

chacomigo_04

Até que em julho desse ano pessoas que não conheço também começaram a me falar de lá: meus amigos da Estúdio Triciclo, que fizeram o design do Cartas Amarelas, deixaram um livro de presente pra casa bem antes que eu começasse a venda oficial. Eu estava em Paris e comecei a receber vários e-mails: “Vi seu livro numa casa de chás e queria comprar!” Quando voltei e finalmente pude conhecer o lugar, dei de cara com a Laura: “você é o Gui Poulain, né? Seu livro faz tanto sucesso aqui que alguém até levou embora a cópia que eu tinha ganhado”.

Tomando um chá gelado com ela – a casa possui uma ótima variedade de chás, a maioria vinda da Alemanha – e comendo um pedaço do bolo do dia, que era de laranja, ela foi me contando a trajetória dela e a ideia de abrir um lugar parecido com os que frequentava quando morou na Espanha. Depois da história toda com o Cartas Amarelas, ele acabou ganhando uma nova casa e agora é possível comprá-lo lá além do meu site. O valor é o mesmo que eu vendo no site (R$90,00), com a diferença que por lá não tem o valor do frete.

chacomigo_03 chacomigo_02

Acabei voltando algumas vezes e gosto de pedir um sanduíche. São gostosos, com preço honesto e feitos com o ótimo pão da Cum Panio. Gosto também dos pães de queijo, sempre quentinhos. É um bom lugar pra se ir no fim de tarde – lá fica aberto de 15h às 22h de segunda à sexta, e também vende as ótimas granolas e temperos da Seccos e Molhados (ando viciado em colocar as sementes temperadas nas minhas saladas!). Meu chá preferido é o Strawberry Rhubarbe, que tenho tomado gelado com essas altas temperaturas em Beagá. A charmosa casa de chás amarela fica na Rua Leopoldina, 634, no Santo Antônio.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>