caderno de receitas + lojinha moldando afeto

caderno de receitas + lojinha moldando afeto

Hoje mesmo me peguei comentando num post de uma amiga no Facebook sobre o quanto ainda escrevemos ou não à mão. Me lembrei de quando eu usava cadernos de receita e de como hoje, de certa forma, o blog virou o meu “caderno de receitas”. Me lembrei também que quando Lu e Leo casaram, no meio do presente coloquei um caderno de receitas, onde eu havia escrito à mão as primeiras delas – aquelas minhas que eu sabia que já faziam parte da vida deles. A maior herança que recebi da vovó Pipida foi ficar com seus cadernos de receitas. Eles são meio bagunçados – a maioria das receitas só tem os ingredientes, sem o preparo -, mas me pego ali desvendando, com os olhos cheios de água, as delícias que só ela sabia fazer. Não sei se um dia terei filhos, mas espero que alguém herde com alegria os que hoje completo, só com as receitas que mais me tocam o coração. Foi com esse intuito que encontrei dois parceiros pra fazer um caderninho como eu gostaria: a Seccos e Molhados e toda sua sabedoria acerca de temperos e também a Libretto, que faz cadernos pedacinho por pedacinho, encaderna e costura à mão, com muito carinho. No fim do ano passado desenvolvi junto à Bárbara, da Seccos, a parte de texto – o caderno tem 30 páginas que incluem dicas práticas de cozinha e algumas receitas coringa como caldos e molhos – e a Libretto foi formatando as páginas. São mais 140 páginas para escrever até 70 receitas. Todas as páginas, assim como o blog, contam com espaço pra colocar a dificuldade, tempo de preparo e rendimento. Nelas também tem o espaço de colocar os ingredientes, modo de preparo e até algumas anotações extras. O caderninho tem capa dura e 3 opções de capa (as fotos foram feitas pela Seccos e Molhados com intervenção minha), vem com uma caneta presa e é fechado por um elástico. Os cadernos estão à venda na lojinha do blog: www.guipoulain.com

cadernos02 cadernos03

Lá também você encontra algumas ilustrações que apareceram aqui no blog e também um kit moldando afeto: o caderno, o livro Cartas Amarelas e uma ilustração sortida. O Cartas Amarelas continua à venda lá, bem como na Cesteria (Rua Fernandes Tourinho, 1030) aqui em BH e na Diária (Rua Artur de Azevedo, 1315) em SP. O livro vai ganhar noite de autógrafos em breve em mais uma cidade: Lavras, minha cidade natal. Em breve trago mais notícias aqui!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×
  • Renato diz:

    Que lindo Gui!! Com certeza vou comprar.
    Queria ter comprado o livro e ido na noite de autógrafos aqui em SP, mas não deu certo! :(
    Sou seu fã, e saiba que você me inspira muito tanto nas suas receitas, quanto nas suas lindas histórias.

    • gpoulain gpoulain diz:

      ah, que pena que não deu pra você ir na noite de autógrafos! foi uma noite ótima de abraços.
      fico feliz que eu te inspire! um abraço!

  • Cah Duarte diz:

    Gui!
    Morri de cataploft de amor pelo caderno.
    Lindooo
    Tenho o meu, num brochura bem simples e lá tem algumas receitas que testei e que me tocaram, dentre elas suas e com a Lu no canal.

    Espero que um dia possa ser agraciada e te conhecer!
    Um abraço

  • gisele lopes diz:

    Nossa que maravilha , una idea genial, com o tempo vc vai entendendo o porque das coisas , nunca pensei que um caderno de receita fosse algo tan especial, e hoje com um príncipe de 5 anos me pedindo bolinho de chuva me dou conta da importancia e o valor sentimental que um caderninho tem. Tenho varias receitas que na beradinha esta escrito Gui , com estas os elogios estao garantidos .

    • gpoulain gpoulain diz:

      sim, o caderno tem isso. nele você só coloca receitas que importam mesmo. fico feliz de saber que tem receitas minhas nesse seu caderno!

  • Que capricho!
    Eu ainda prefiro escrever. Apesar de não viver sem computador e ter um blog também, não deixo de fazer minha agenda, programar meu dia tudo no papel. Também tenho um caderno de receitas onde escrevo só as melhores! Aquelas selecionadas que dão certo.
    Fico feliz com mais essa conquista.
    Beijos

  • Benedito Vitor Barros diz:

    Oi Gui! Fiquei super animado com o caderno de receitas, tem alguma forma de compra pela internet ?

  • Mikaelly Gonçalves Rocha diz:

    Eu como sempre não tenho palavras para agradecer o carinho que você tem com cada um que te admira. Essa semana é a vez de eu adquirir o caderno dos sonhos, que junto com seu livro irão começar uma estória de tradição. Não herdei nenhum caderno, mas herdei memórias. Que irei passá-las para este caderno com muito carinho! Amo muito o seu trabalho e toda sua dedicação. Esse também virá caligrafado?! <3

  • Silvia Moreira Salles diz:

    Mo cuishle, eu tenho um caderninho de receitas que você fez para mim antes de eu me mudar para Buenos Aires, com a Carol e a Déia, naquela fase em que cozinhávamos de vez em quando na sua casa, lembra? Era tão bom!! Adorei essa iniciativa e vou comprar agora mesmo um caderno para mim e um para dar de presente!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>